Sábado, 10 de Abril de 2004

Poema-DAISY, Mãe do Goba

Daisy-maeGoba.jpg E a Daisy, finalmente premiada,
teve direito a donos; e acarinhada,
dormiu em cesta pela primeira vez.
Refastelou-se num colchão e almofada,
nunca a ouvimos está muda e calada,
não sabe que o pesadelo se desfez.

Quando a acariciamos dá a pata,
arregala os olhos e constata,
com um suspiro, a realidade
de ter comida e água sempre à mão.
Ainda pede para abrirmos o portão,
mas receosa de tal temeridade.

Talvez receie que, como de costume,
ele se feche, apagando-se o lume
que trazia o calor da humanidade;
e ela fique, outra vez, fora dos muros
a ver os outros cães queridos, seguros,
pelos donos tratados com bondade.

Não é bonita, nem pretende sê-lo;
apenas pede amor e algum desvelo
que eu lhe dou, de coração amargurado,
por tê-la preterido ao lindo cão,
filhote que roubou meu coração,
e ela sofreu, na rua o meu pecado.

Meu lindo cachorro tem novos donos,
cresceu demais, precisava de abonos,
vive feliz numa propriedade.
Minha pequena casa, aconchegada,
é suficiente para a mãe abandonada
desfrutar, por fim, da felicidade.
-----------------------------------------
10/12/2001
Laura B. Martins
Soc. Port. Autores nº. 20958

publicado por LauraBM às 23:43

link do post | E custa, comentar aqui?

.mais sobre mim

.*TAGS são temas do blog - Clique em cima!

. 00-historial minhas cadelas

. 01-ternurinhas

. 02-se eu falasse

. 03-elas são assim

. 04-as nossas cadelas

. 05-fotografias

. 06-poemas de outros

. 07-artigos divertidos

. 08-cachorrices-bd-piadas

. 09-fotos minhas cadelas

. 09-poemas laura

. 10-cadelas de amigos

. 11-histórias dos amigos

. 12-natal

. todas as tags

.posts recentes

. CHARLÔ - a cadelinha cega...

. Piadas sobre cães e cadel...

. O que elas dizem

. Cadela Thaís

. Gaby no degrau da marquis...

. A Gaby em nossa casa

. Um anúncio para a Gaby

. A cadelinha Gaby

. Serão cachorrices ou gali...

. Daisy e Monty a comer no ...

. Vantagens da Castração

. A história de Jasmine

.arquivos

.subscrever feeds

.links